14 de outubro de 2009

mais sobre Tiene Pamodzi


Essa música, diz-se, é um símbolo da luta de libertação de Moçambique. Os companheiros recém-treinados militarmente na Tanzania, vieram ao Sul ajudar os camaradas da FRELIMO na luta de libertação contra o colonialismo português. Alguns até dizem que na realidade a origem dessa música fica mesmo nas terras de Nyerere.
Pra quem não sabe, as ex-colônias portuguesas em África foram as últimas a conseguir conquistar sua independência, enquanto o governo português gastava os tubos nas guerras pra segurar o “poder” que tinham sobre as colónias. Eram os Portugueses contra os Angolanos, Moçambicanos, Cabo-Verdianos e tal, tudo ao mesmo tempo. E também contra o mundo em geral, que já não aceitava essa idéia do colonialismo (ora, os Ingleses e os Franceses abriram mão das suas colónias bem antes).
A tradução literal é difícil pois gera polémica. Mas a mensagem que existe ali é que todos juntos somos fortes e venceremos. Então vamos nos unir, devagar e sempre, e vencer. Outros dizem que a música tem um caráter mais bélico, onde wintimba umozi estaria para “destruir o inimigo” ou algo por aí.
A letra é mais ou menos assim (foneticamente):

Tiene pamodzi wintimba umozi
Tiene pamodzi wintimba umozi (coro)
Oh-oh Lembá!
Oh Lemba oh! Tiene pamodzi wintiba umozi (coro)

Você conhece essa música? Sabe mais sobre a sua origem ou história? Compartilha com a gente!

Um comentário:

toinho... disse...

não sei se é uma pergunta de leigo ou uma complicação: mas qual é a língua da música? é swahilli, changana, zulu (tem aquela revista de futebol que é feita na África do Sul que chama Pamodzi)?

abraços paulistanos...